Artes Visuais, Artigos, Artigos Publicados, Artigos: Arte e Terapia, Eventos, Jornal O Serrano

Feliz Dia Dos Vampiros!

Neste artigo para o Jornal O SERRANO, Henrique Vieira Filho trata da bem-sucedida e humorada campanha de doação de sangue, iniciativa da atriz, escritora e diretora Liz Marins, que já está em sua 21a edição e da próxima data de doação em Serra Negra.

Liz Marins e o exército de vampiros doadores de sangue - vão do MASP / SP
Liz Marins e o exército de vampiros doadores de sangue – vão do MASP / SP

DOI: https://doi.org/10.5281/zenodo.6945850
Publicado resumido no Jornal O Serrano, Nº 6315, de 29/07/2022

Os leitores desta coluna já perceberam que aprecio trazer as datas comemorativas à pauta deste jornal.

Em São Paulo, por força de lei e de forma voluntária no restante do mundo, todo dia 13 de agosto se comemora o Dia dos Vampiros!

Trata-se de uma das mais bem sucedidas campanhas de doação de sangue, que completará 21 anos, agora em 2022.

A data foi adotada justamente por sua “fama”, propiciando ironia e bom humor no incentivo à doação de sangue, além de defender a diversidade artística e lutar contra preconceitos e discriminações.

O humor é uma estratégia relevante na divulgação de causas sociais, influenciando diretamente a persuasão e a compreensão da mensagem, por adotar um formato fácil de entender e propiciar alívio ao peso de temas mais sensíveis. 

A iniciativa é de minha amiga de infância, atriz, escritora e cineasta, Liz Marins, filha do imortal José Mojica Marins e que encarna a vampira Liz Vamp, personagem fruto da paixão de Zé do Caixão pela cigana Beth Hart.

Partindo do vão livre do MASP e de dezenas de outros pontos culturais de cidades pelo mundo afora, centenas de voluntários, devidamente trajados de vampiros, iniciam sua caminhada pacífica  ao hemocentro mais próximo. 

O Dia dos Vampiros vai além do incentivo à doação de sangue. Nas palavras de Liz Marins:

Nós nos vestimos de monstros ou de seres fantásticos;  não são só vampiros, atualmente.

São todos os personagens fantásticos, tipo a pessoa que se veste do personagem predileto. Alguns vão de vilões, tem gente que vai até de mocinho e tudo bem! Todos se encontram e confraternizam.

Na realidade, esse lance de trajar personagens é para mostrar que na nossa aparência física não está tatuada nossa índole.

Porque para a maioria das pessoas parecem monstros, seres esquisitos, mas que estão salvando vidas!

Isso prova que na nossa aparência, não está tatuada a nossa índole;  ninguém pode olhar para alguém já supor o que ela vai fazer.

Isso materializa exatamente a segunda bandeira do dia, que é contra rótulos, preconceitos e discriminações.

Nós temos muitos artistas, atores, diretores, escritores, cantores e bandas que participam da performance. É a maneira de materializar a terceira bandeira, que é o incentivo à diversidade artística.

Liz Marins

Serra Negra também promove, de tempos em tempos, campanhas de doação de sangue em parcerias entre o Hemocentro da Unicamp, o Centro Espírita Joana D’Arc, a Secretaria de Saúde, o Hospital Santa Rosa de Lima e a Prefeitura.

Os interessados, nem precisam se vestir de vampiros para doar: a próxima data está prevista para 31 de agosto e em breve sairá a divulgação nas redes sociais.

Para informações e sanar dúvidas sobre doações de sangue em Serra Negra/SP, foi disponibilizado o telefone Whatsapp: (19) 99239-1553.


Liz Marins convida para a campanha 2022
https://www.facebook.com/lizmarins.lizvamp/videos/577830730685043/

  • Artigos
Henrique Vieira Filho Administrator

Henrique Vieira Filho é artista plástico, agente cultural (SNIIC: AG-207516), produtor cultural no Ponto de Cultura “Sociedade Das Artes” (SNIIC: SP-21915), diretor de arte, produtor audiovisual (ANCINE: 49361), escritor, jornalista (MTB 080467/SP), educador físico (CREF 040237-P/SP), terapeuta holístico (CRT 21001), professor de artes visuais e sociologia, pós-graduado em psicanálise e em perícia técnica sobre artes.

http://lattes.cnpq.br/2146716426132854

https://orcid.org/0000-0002-6719-2559

follow me

Deixe um comentário