Artes Visuais, Arteterapia, Artigos, Artigos e Notícias, Artigos para a Revista Artivismo, Artigos Publicados, Eventos, Exposições, Jornal O Serrano

MerMay  – Maio: O Mês Das Sereias

MerMay 

Tela "Brazilian Mermaid", obra do artista Henrique Vieira Filho, baseado na vida de Mirella Ferraz
Tela “Brazilian Mermaid”, obra do artista Henrique Vieira Filho, baseado na vida de Mirella Ferraz

Neste artigo para o Jornal O SERRANO, Henrique Vieira Filho fala sobre o “MerMay”  – fusão de “Mermaid” (Sereia) e “May” (Maio), palavra inventada pelo desenhista da Disney, Tom Bancroft, ao convidar artistas de todo o mundo para divulgarem suas versões de sereias e tritões durante o mês de Maio. Guerreiras dos deuses, nas mais variadas culturas, ora aladas, ora aquáticas, as sereias exercem o poder feminino em sua plenitude.

Publicado resumido no Jornal O SERRANO, Nº 6352, de 05/05/2023

DOI: https://doi.org/10.5281/zenodo.8284656

MerMay” é a fusão de “Mermaid” (Sereia) e “May” (Maio), palavra inventada pelo desenhista da Disney, Tom Bancroft, ao convidar artistas de todo o mundo para divulgarem suas versões de sereias e tritões durante o mês de Maio.

Guerreiras dos deuses, nas mais variadas culturas, ora aladas, ora aquáticas, exercem o poder feminino em sua plenitude.

Acredite ou não, caro leitor, eu conheço, várias e pessoalmente!

Como artista plástico, gosto de pintar personagens das mais variadas lendas, tendo como base modelos reais, que posam para inspiração. 

Há alguns anos, fiz uma exposição com várias telas retratando estes magníficos seres, em suas variantes de cada país: Kianda, versão angolana, que concede desejos, mas, que leva a aldeia inteira para o fundo do mar, se abusarem; Himéropa, a doce e sedutora sereia grega; a irlandesa, Firtha, que contra-ataca com maremotos; a japonesa Ningyo, caçada por pescadores, que se defende com tsunamis e a brasileiríssima, Yara, de água doce.

Acontece que estava no ar uma novela global em que as protagonistas vestiam suas caudas e nadavam, encantando os telespectadores, o que aumentou ainda mais a repercussão de meu trabalho e proporcionou novas amizades, em especial, Mirella Ferraz, a primeira sereia profissional brasileira, Lutien, a “mermaid cantora” e Laize Câmera, uma das atrizes da referida atração televisiva e mais cerca de 50 mil adeptos brasileiros do Sereismo!

Henrique Vieira Filho e Mirella Ferraz – primeira sereia profissional brasileira, conta com mais de 100 mil seguidores nas redes sociais e 16 milhões de visualizações em seus vídeos no Youtube
Henrique Vieira Filho e sua pintura em homenagem a Laíze Câmara – atriz e graduada em Engenharia Civil pela UFRJ. Faz teatro desde 2010 e TV e cinema desde 2013. Canta e dança. Foi sereia em novela de grande sucesso exibida pela Rede Globo.
Laíze Câmara nos bastidores das gravações da novela “A Força do Querer”, da Rede Globo

Trata-se de um estilo de vida dos que se sentem ligados ao mar, aos animais e à natureza, a tal ponto de encarnar tritões e sereias na vida real, mergulhando com todos os adereços típicos destes personagens, criando um belo e mágico espetáculo visual!

Mirella Ferraz e a obra Brazilian Mermaid de Henrique Vieira Filho
Mirella Ferraz, o principal nome do Sereismo no Brasil e a obra Brazilian Mermaid de Henrique Vieira Filho

Por sinal, o Guinness Book tem até categorias de recordes neste campo: o “maior show de sereias subaquáticas” contou com o bailado coreografado de mais de 110 artistas chinesas, enquanto que os EUA, em Miami, reuniu 457 sereianos devidamente trajados, em evento que incluiu música, concursos de beleza, chuveiros de champanhe, dentre outras atrações turísticas!

110 sereias no aquário Ambassador Lagoon do hotel Atlantis Sanya
110 sereias no aquário Ambassador Lagoon do hotel Atlantis Sanya

Recorde mundial de Sereismo – Coreografia Subaquática

Um dos espetáculos mais lúdicos foi encenado na “Fontana di Trevi” (a original), em que a sirena francesa, Claire, em trajes de gala, atira nas águas uma moeda, realizando seu desejo, transformando-se em uma linda sereia.

Eu até ofereci organizar uma atração semelhante aqui na nossa “Fontana Caipira”, mas, acho que pensaram que estava brincando!

Comparativo visual entre a Fontana Di Trevi – Itália  e sua releitura / réplica em Serra Negra / SP – Brasil.
Filmagens: Henrique Vieira Filho – Sociedade Das Artes

Para tal espetáculo, já antevejo as dançarinas da Dayana Brunhara Rezende, coreografando sereias ao som de músicas temáticas executadas pela Banda Lira!

Cena do Evento Re-Arte 2020, no Centro de Convenções do Circuito das Águas
Cena do Evento Re-Arte 2020, no Centro de Convenções do Circuito das Águas

Bem que devíamos convocar todas as “mermaids” tupiniquins e quebrar o recorde mundial, bem aqui, no Circuito das Águas!

Artes de Henrique Vieira Filho com temática de Sereismo

Pinturas de Henrique Vieira Filho, obras literárias de Mirella Ferraz, artes de Thiá Sguoti e músicas de Sereia Lutien, em releituras mútuas.

O Sereismo do ponto de vista psicanalítico, artístico e como filosofia de vida. Documentário de Ruth Dos Santos, com Henrique Vieira Filho, Thiago Sguoti e Sereia Lúthien

  • Artigos
Henrique Vieira Filho Administrator

Henrique Vieira Filho é artista plástico, agente cultural (SNIIC: AG-207516), produtor cultural no Ponto de Cultura “Sociedade Das Artes” (SNIIC: SP-21915), diretor de arte, produtor audiovisual (ANCINE: 49361), escritor, jornalista (MTB 080467/SP), educador físico (CREF 040237-P/SP), terapeuta holístico (CRT 21001), professor de artes visuais e sociologia, pós-graduado em psicanálise e em perícia técnica sobre artes.

http://lattes.cnpq.br/2146716426132854

https://orcid.org/0000-0002-6719-2559

follow me